Por Dra. Ana Roberta de Almeida Coutinho

Anorexia (Perda do apetite nas aves)

A Anorexia é um sinal clínico inespecífico. Pode constituir um comportamento normal (por exemplo, imediatamente antes da postura de ovos) ou pode resultar de uma enfermidade.

A Anorexia nas aves pode ser causada por anormalidades psicológicas ou fisiológicas. O estresse ou o medo podem fazer com que uma ave deixe de comer por um ou dois dias. Não se encontrará presente nenhum outro sinal junto com a anorexia se a sua causa for estresse.

Geralmente observam-se anormalidades fisiológicas que resultam em anorexia junto com outros sinais clínicos anormais concorrentes. As anormalidades que afetam o trato gastrointestinal, fígado, rins, trato reprodutivo ou doença sistêmica, podem causar anorexia e estes podem ter várias causas.

Principais causas da Anorexia:

1.       Infecciosas

a)      Bacterianas: Gram-negativos (Borrelia, Campylobacter, Citrobacter, Escherichia coli, Klebsiella, Salmonella, Yersinia), Gram-positivos (Enterococcus, Erysipelothrix, megabactérias, Mycobacterium, Staphylococcus aureus, Streptococcus).

b)      Clamidais: Chlamydia psittaci.

c)       Virais: adenovirose, influenza aviária, enterite viral, papilomavirose, paramixovirose, poxvirose, doença do bico e das penas dos psitaciformes, reovirose.

d)      Fúngicos:Aspergillus, Candida.

e)      Parasitários:ascarídeos, Atoxoplasma, Capillaria, Cryptosporidium, Eimeria, fascíolas, Giardia, Isospora, Leucocytozoon, solitárias, Trichomonas.

2.       Metabólicas: Hepatite, nefropatias.

3.       Nutricionais: Mudanças de alimentação.

4.       Tóxicas: Aflatoxina, abacate, carbamatos, colecalciferol, etilenoglicol, chumbo, micotoxina, nitrato, organofosfato, zinco.

5.       Físicas: Abscesso oral, fratura mandibular, traumatismo bucal, paralisia dos músculos da cabeça, inacessibilidade alimentar, cegueira, corpo estranho na cavidade oral ou no bico, peritonite, atravessamento de ovo.

6.       Traumatismo.

7.       Alérgicas: Alimento.

8.       Comportamentais: Estresse, alteração ambiental, competição, incubação, postura de ovos iminente.

9.       Neoplásicos: Tumores Hepáticos, tumores renais, outros.

Cuidados e prevenção

Ao cuidar das aves, observar sempre:

·         Os comedouros e bebedouros;

·          Higiene, qualidade e quantidade dos alimentos;

·         O comportamento da ave (O modo de olhar, atitude no poleiro e se existe procura por alimento);

·         Se há quantidade de fezes normal no fundo da gaiola.

Caso seja observado algum sinal referente à perda de apetite ou até mesmo outros sinais como, por exemplo, arrepiamento de penas (a ave fica como um “pompom”), fezes aquosas ou qualquer outro sinal que normalmente não seja observado no cotidiano da sua ave, procure imediatamente assistência médica veterinária especializada para uma orientação prévia do que possa estar acontecendo, ou uma possível consulta médica.

Procure oferecer sempre alimentos frescos (frutas, legumes e verduras) diariamente,  sementes e rações de boa qualidade que possam ser colocadas no comedouro na quantidade aproximada para um dia, para que assim o alimento não venha envelhecer no pote, ficando ele pouco palatável, para que a ave não perca a vontade de ingeri-lo. Coloque sempre água fresca nos bebedouros que devem estar sempre higienizados.

 
A Melhor Veterinária de Aves.
  Site Map